Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Hora do Evangelho no Lar

Centro Espírita Francisco de Assis - Depto Culto do Evangelho no Lar - segunda-feira, 13 de abril de 2015

PRECE
Vamos neste momento, buscar a figura meiga de Jesus, pedindo ao Divino Amigo que possa nos envolver e nos amparar, em mais este estudo, estas reflexões sobre seu Evangelho de Luz. Que possamos nós Senhor, realmente, aproveitarmos as suas lições benditas e transformarmos a nossa vida. Pedimos-te que ampares a todos aqueles que comungam do mesmo ideal, que se encontram na mesma sintonia e especialmente aqueles que ainda não Te encontraram. Que possamos buscar sempre forças para continuarmos na busca do nosso aperfeiçoamento espiritual. Que o Senhor nos abasteça de oportunidades, de bênçãos e que possamos juntos Senhor, encontrarmos a melhor forma de evoluirmos.
Abençoe a todos nós, abençoe nossos estudos e permaneça conosco, hoje e por todo o sempre.
Que assim seja!

MENSAGEM INICIAL

Acalma-te

Seja qual for a perturbação reinante, acalma-te e espera, fazendo o melhor que possas.
Lembra-te de que o Senhor Supremo pede serenidade para exprimir-se com segurança.
A terra que te sustenta o lar é uma faixa de forças tranqüilas.
O fruto que te nutre representa um ano inteiro de trabalho silencioso da árvore generosa.
Cada dia que se levanta é convite de Deus para que lhe atendamos à Obra Divina, em nosso próprio favor.
Se te exasperas, não lhe assimilas o plano.
Se te aperfeiçoas à gritaria, não lhe percebes a voz.
Conserva-te, pois, confiante, embora a preço de sacrifício.
Decerto, encontrarás ainda hoje corações envenenados que destilam irritação e desgosto, medo e fel.
Ainda mesmo que te firam e apedrejem, aquieta-te e abençoa-os com tua paz.
Os desesperados tornarão à harmonia, os doentes voltarão à saúde, os loucos serão curados, os ingratos despertarão...
É a Lei do Senhor que a luz domine a treva, sem ruído e sem violência.
Recorda que toda dor, como toda nuvem, forma-se, ensombra e passa...
Se outros gritam e oprimem, espancam e amaldiçoam, acalma-te e espera...
Não olvides a palavra do Mestre quando nos afirmou que a Deus tudo é possível, e, garantindo o teu próprio descanso, refugia-te em Deus.

Emmanuel - Retirada do livro “Palavras da Vida Eterna” – Psicografada por Chico Xavier

LEITURA DO EVANGELHO

Cap. 12 – AMAI OS VOSSOS INIMIGOS.
Se alguém te ferir na face Direita – itens 7 e 8.
7 – Vós tendes ouvido o que se disse: Olho por olho e dente por dente. Eu, porém, digo-vos que não resistais ao mal; mas se alguém te ferir na tua face direita, oferece-lhe também a outra; e ao que quer demandar-te em juízo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; e se alguém te obrigar a ir carregado mil passos, vai com ele ainda mais outros dois mil. Dá a quem te pede, e não volte às costas ao que deseja que lhe emprestes. (Mateus, V: 38-42).
8 – Os preconceitos do mundo, a respeito daquilo que se convencionou chamar ponto de honra, dão esta suscetibilidade sombria, nascida do orgulho e do exagerado personalismo, que leva o homem à geralmente retribuir injúria por injúria, golpe por golpe, o que parece muito justo para aqueles cujo senso moral não se eleva acima das paixões terrenas. Eis por que dizia a lei mosaica: Olho por olho e dente por dente, mantendo-se em harmonia com o tempo em que Moisés vivia. Mas veio o Cristo e disse: “Não resistais aos que vos fizer mal; mas se alguém te ferir na tua face direita, oferece-lhe também a outra”. Para o orgulhoso, esta máxima parece uma covardia, porque ele não compreende que há mais coragem em suportar um insulto, que em se vingar. E isto, sempre, por aquele motivo que não lhe permite enxergar além do presente. Deve-se, entretanto, tomar essa máxima ao pé da letra? Não, da mesma maneira que aquela que manda arrancar o olho, se ele for causa de escândalo. Levada as últimas conseqüências, ela condenaria toda repressão, mesmo legal, e deixaria os campos livres aos maus, que nada teriam a temer; não se pondo freio às suas agressões, bem logo todos os bons seriam suas vítimas. O próprio instinto de conservação, que é uma lei da natureza, nos diz que não devemos entregar de boa-vontade o pescoço ao assassino. Por essas palavras, Jesus não proibiu a defesa, mas condenou a vingança. Dizendo-nos, para oferecer uma face quando formos batidos na outra, disse, por outras palavras, que não devemos retribuir o mal com o mal; que o homem deve aceitar com humildade tudo o que tende a reduzir-lhe o orgulho; que é mais glorioso para ele ser ferido que ferir; suportar pacientemente uma injustiça que cometê-la; que mais vale ser enganado que enganar, ser arruinado que arruinar os outros. Isto, ao mesmo tempo, é a condenação do duelo, que nada mais é que uma manifestação do orgulho. A fé na vida futura e na justiça de Deus, que jamais deixa o mal impune, é a única que nos pode dar força de suportar, pacientemente, os atentados aos nossos interesses e ao nosso amor próprio. Eis por que vos dizemos incessantemente: voltai os vossos olhos para o futuro; quanto mais vos elevardes, pelo pensamento, acima da vida material, menos sereis feridos pelas coisas da Terra.

Faça aqui suas reflexões sobre a lição estudada....

VIBRAÇÕES

"Porque onde estiverem reunidos em meu nome,
lá estarei presente."
Jesus. (MATEUS, 18:20.)

Após a leitura e os comentários da lição de hoje, vamos iniciar nossas vibrações.

Senhor ampara nosso propósito de servir.
Que em Teu Nome e com o auxílio dos bons espíritos, possamos ajudar a quem está mais necessitado do que nós.
Que possamos abrir nossos corações e doar muito amor, muita luz, muita paz, muita força e muita fé, na forma de vibrações.
Vibramos pelo Bem Universal, pela paz entre todos os homens, pelo nosso planeta Terra, por todos os países em especial aqueles que sofrem com conflitos políticos, religiosos e catástrofes naturais.
Vibramos pelo nosso Brasil, imaginando um cordão luminoso em todo o seu contorno geográfico. Luz que protege, que pacifica, que sustenta.
Vibramos por governantes e governados, por São José do Rio Preto, essa cidade que nos acolhe com muito amor e carinho.
Vibramos por todos os hospitais, asilos, creches, orfanatos, cadeias públicas, hospitais psiquiátricos.
Pelos dependentes químicos, pelos desempregados, pelos que passam fome, pelos que não tem um lar, pela infância perdida e pela velhice abandonada.
Por todas as obras assistenciais, pelas religiões que procuram difundir o Evangelho do Mestre.
Por nossa Casa Espírita – Centro Espírita Francisco de Assis e seus ideais, por todas as suas frentes de trabalho.
Vibramos pelos nossos parentes, encarnados e desencarnados, pelos nossos amigos e pelos nossos desafetos caso tenhamos.
Vibramos pelo nosso local de trabalho e pelo nosso lar, que Jesus deixe lá toda a sua paz e seu amor.
Por fim, pedimos a permissão para vibrarmos por nós mesmos, para que nós tenhamos muita força, perseverança e fé na nossa caminhada espiritual. E deixamos uma vibração em aberto para que a espiritualidade leve aonde se fizer mais necessário.
Graças a Deus.

PRECE FINAL

"Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia." [Emmanuel / Chico Xavier]
E assim, agradecemos ao Pai da Vida por mais esta oportunidade de estudo; agradecemos nosso Mestre Jesus por seus ensinamentos, aos nossos mentores pela proteção e amparo.
Rogamos agora, para que nossas águas sejam fluidificadas, que nelas sejam depositadas o bálsamo para nossas dores e energias salutares que nos auxiliará o reequilíbrio físico, espiritual e mental. E assim, agradecidos, rogamos ainda a Jesus que nos abençoe, nos sustente e nos fortaleça sempre e que na próxima semana possamos estar novamente reunidos em Teu Nome para o Estudo do Evangelho.

Que assim seja.

Pai Nosso que estais nos céus....

TENHAM UMA LINDA E ABENÇOADA SEMANA!!!

comments powered by Disqus