Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Evangelho no lar, para você fazer na sua casa

Dep. de Divulgação do CEFA - terça-feira, 31 de março de 2015

HORA DO EVANGELHO NO LAR

 ESTAMOS DISPONIBILIZANDO O ESTUDO DO ESVANGELHO DO LAR, PARA VOCE FAZER NA SUA CASA
 
 PRECE 

 

Queridos irmãos...que Jesus nos abençoe em mais um estudo do evangelho.

Vamos acalmando nossos corações, asserenando nossos pensamentos e elevando-os ao alto. Vamos agradecer a Deus e a Jesus por tudo que temos em nossas vidas. Pela oportunidade de mais um dia, pelo sol, pela chuva, pela noite, enfim por tudo o que nos rodeia, pela natureza, pela Terra, Obrigada Senhor. Por nossos familiares, pela casa que temos, por nossos empregos e oportunidades, Obrigada Senhor.

E assim, sentindo-nos gratos com tudo e com todos vamos pedindo a Jesus que permita que nossos mentores espirituais estejam aqui conosco, neste nosso encontro de corações.

Que Jesus possa infundir em nossos corações o desejo de ajudarmos sempre a todos os que nos cercam, dar-nos forças para lutarmos em benefício de nossa própria regeneração, dar-nos fé para que possamos reconhecer a Bondade do Pai em todos os acontecimentos e paciência nas tarefas difíceis.

E assim, Senhor, em Teu Nome damos início a mais um estudo do Teu Evangelho de Luz.

Esteja conosco, hoje e sempre.

 Assim seja! 

 

 

Perdoa sempre.

 

Auxilia aos outros, sem a preocupação de receber o amparo alheio.

Tudo aquilo que fizermos agora, será aquilo que colheremos depois.

...Consideremos, porém, que a fim de sanar os desajustes na engrenagem de nosso relacionamento recíproco, o Senhor nos concede a bênção da compaixão.

Se anotas a presença de amigos candidatos ao discernimento maior com as falhas naturais pelas quais se identificam, compadece-te deles e ampara-os com as forças ao teu alcance.

Abraça o trabalho do bem aos outros com alegria.

Aprende a colocar com o bem do próximo, na convicção de que ninguém progride a sós.

Trabalha e serve constantemente.

E certifica-te de que, onde o pensamento positivo do bem prevaleça, aí brilha o caminho do aperfeiçoamento de nossas alma para Deus, fortalecendo-nos para que estejamos na realização do melhor.

Em qualquer situação difícil, aparentemente insolúvel, usa mais paciência, porque a paciência é construção da alma sobre os alicerces da fé em Deus e, aplicando mais paciência onde estiveres, em quaisquer tribulações que, porventura, te apareçam, claramente vencerás.

 

XAVIER, Francisco Cândido. Caminho Iluminado. Pelo Espírito Emmanuel. CEU..

LEITURA DO EVANGELHO

 

 

PAGAR O MAL COM O BEM

 (ESE –Amai os Vossos Inimigos - Cap. XII – itens 1 a 3)

 

            1 – Tendes ouvido o que foi dito: Amarás ao teu próximo e aborrecerás ao teu inimigo. Mas eu vos digo: Amai os vossos inimigos, fazei bem ao que vos odeia, e orai pelos que vos perseguem e caluniam, para serdes filhos de vosso Pai, que está nos céus, o qual faz nascer o seu o seu sol sobre bons e maus, e vir chuva sobre justos e injustos. Porque, se não amardes senão aos que vos amam, que recompensa haveis de ter? Não fazem os publicanos também assim? E se saudardes somente aos vossos irmãos, que fazeis nisso de especial? Não fazem também assim os gentios? – Eu vos digo que, se a vossa justiça não for maior e mais perfeita que a dos escribas e fariseus, não entrareis no Reino dos Céus. (Mateus, V: 20, 43-47).

            2  E se vós amais somente aos  que vos amam, que merecimento é o que vós tereis? Pois os pecadores também amam os que os amam. E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que merecimento é o que vós tereis? Porque isto mesmo fazem também os pecadores. E se emprestardes somente àqueles de quem esperais receber, que merecimento é o que vós tereis? Porque também os pecadores emprestam uns aos outros, para que se lhes faça outro tanto. Amai, pois, os vossos inimigos, façam bem, e emprestai, sem nada esperar, e tereis muito avultada recompensa, e sereis filhos do Altíssimo, que faz bem aos mesmos que lhe são ingratos e maus. Sede, pois, misericordiosos, como também vosso Pai é misericordioso. (Lucas, VI: 32-36).

            3 – Se o amor do próximo é o princípio da caridade, amar aos inimigos é a sua aplicação sublime, porque essa virtude constitui uma das maiores vitórias conquistadas sobre o egoísmo e o orgulho.

            Não obstante, geralmente nos equivocamos quanto ao sentido da palavra amor, aplicada a esta circunstância. Jesus não pretendia, ao dizer essas palavras, que se deve ter pelo inimigo a mesma ternura que se tem por um irmão ou por um amigo. A ternura pressupõe confiança. Ora, não se pode ter confiança naquele que se sabe que nos quer mal. Não se pode ter para com ele as efusões da amizade, desde que se sabe que é capaz de abusar delas. Entre pessoas que desconfiam umas das outras, não pode haver os impulsos de simpatia existentes entre aquelas que comungam nos mesmos pensamentos. Não se pode, enfim, ter a mesma satisfação ao encontrar um inimigo, que se tem com um amigo.

            Esse sentimento, por outro lado, resulta de uma lei física: a da assimilação e repulsão dos fluidos. O pensamento malévolo emite uma corrente fluídica que causa penosa impressão; o pensamento benévolo envolve-nos num eflúvio agradável. Daí a diferença de sensações que se experimenta, à aproximação de um inimigo ou de um amigo. Amar aos inimigos não pode, pois, significar que não se deve fazer nenhuma diferença entre eles e os amigos. Este preceito parece difícil, e até mesmo impossível de se praticar, porque falsamente supomos que ele prescreve darmos a uns e a outros o mesmo lugar no coração. Se a pobreza das línguas humanas nos obriga a usarmos a mesma palavra, para exprimir formas diversas de sentimentos, a razão deve fazer as diferenças necessárias, segundo os casos.

 

            Amar aos inimigos, não é, pois, ter por eles uma afeição que não é natural, uma vez que o contato de um inimigo faz bater o coração de maneira inteiramente diversa que o de um amigo. Mas é não lhes ter ódio, nem rancor, ou desejo de vingança. É perdoá-los sem segunda intenção e incondicionalmente, pelo mal que nos fizeram. É não opor nenhum obstáculo à reconciliação. É desejar-lhes o bem em vez do mal. É alegrar-nos em lugar de aborrecer-nos com o bem que os atinge. É estender-lhes a mão prestativa em caso de necessidade. É abster-nos, por atos e palavras, de tudo o que possa prejudicá-los. É, enfim, pagar-lhes em tudo o mal com o bem, sem a intenção de humilhá-los. Todo aquele que assim fizer, cumpre as condições do mandamento: Amai aos vossos inimigos.


VIBRAÇÕES

 

"Porque onde estiverem reunidos em meu nome, lá estarei presente."  Jesus. (MATEUS, 18:20.)

 

Na certeza de que Jesus está conosco nesse momento, vamos unindo nossos corações, deixando que nossos sentimentos fraternos se intensifiquem e se expandam a fim de podermos doá-los em benefício de nossos irmãos. E assim, fortalecidos e amparados com Deus nosso Pai e Jesus nosso Irmão Maior, vamos vibrar:

Vamos vibrar pela Paz Mundial e pela harmonia entre todos os povos.
Por todas as religiões que divulgam o Evangelho de Jesus e por todos os espíritos com tarefas Evangélicas.

Vibremos pelo nosso Brasil, imaginando o seu contorno todo iluminado, que essa luz seja forte o suficiente para iluminar o nosso Presidente e a todos os políticos, envolvendo-os com vibrações de amor e justiça.

Vibremos por todos aqueles que estão sofrendo, por todos os que se encontram enfermos da alma ou do corpo físico, pelos encarcerados, pelos órfãos, pelas casas de repouso, asilos e manicômios. 
Vibremos por nossa Casa Espírita, que acolhe e reconforta a todos que procuram ali o balsamo para suas dores. Vibremos também, e especialmente, por cada um dos colaboradores, por cada um dos Departamentos existentes, para que tenham sempre força e ânimo firme. Que todos os projetos e seus idealizadores sejam sempre amplamente abençoados, fortalecidos e protegidos.

Vibremos pelos jovens, para que possamos ter cada dia mais a presença deles em nossas Casas Espíritas.
Vibremos por todos os lares da Terra, principalmente por aqueles que se encontram em desarmonia.

Vibremos pelo nosso lar e pelos nossos queridos.

Vibremos de forma especial por todos aqueles que se consideram nossos inimigos e por todos os que magoamos até mesmo sem percebermos, que todos tenham Paz em seus corações.

Vamos deixando uma vibração amorosa para que os Benfeitores Espirituais levem para onde acharem mais necessário.

E vamos pedindo permissão para vibrarmos por nós mesmos, criaturas ainda tão necessitadas do amparo e da misericórdia Divina.
Que Jesus nos abençoe.

Assim seja. 


 

PRECE FINAL

 "Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia."

[Emmanuel / Chico Xavi

 
  

Rogamos a Jesus, que os fluídos divinos sejam depositados em nossas águas e que através deles possamos adquirir mais saúde e vitalidade, força e coragem para as lutas de todos os dias, para nossa transformação moral e espiritual, para vivermos em harmonia com tudo e com todos, para nosso pronto restabelecimento e revitalização de nossa saúde, física, espiritual e mental.

E assim, agradecidos pela presença de Jesus e dos benfeitores espirituais em nossas vidas, queremos dar graças pelo imenso amor que nos invade o ser. Aos nossos anjos guardiões nossa gratidão por estarem sempre ao nosso lado, orientando-nos e auxiliando-nos em todos os momentos, principalmente naqueles em que nos sentimos mais frágeis, próximos de fraquejarmos diante das adversidades da vida. 

A Deus o Pai da Vida, nossa gratidão eterna, pela oportunidade da presente reencarnação.

 

PAI NOSSO...

 

 

Que assim seja! Graças a Deus, Graças a Jesus.
-----------------------------------------------------------------------------

 

UMA ÓTIMA E ABENÇOADA SEMANA PARA TODOS!!!
COM NOSSO CARINHO.

comments powered by Disqus