Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Cap. IX - Bem-aventurados os Mansos e Pacíficos - Injurias e Violências - itens 1 a 5 - 28/5/2018

HORA DO EVANGELHO NO LAR - segunda-feira, 28 de maio de 2018

HORA DO EVANGELHO NO LAR

Bem-aventurados os mansos, porque eles possuirão a Terra". (Mateus, V: 4)

 

PRECE 

Jesus, Mestre Querido, que neste momento em que nos encontramos reunidos em Teu nome, possamos, juntos, celebrarmos esta Doutrina de Luz que nos mostra os caminhos do bem e do amor. Que possamos caminhar com passos firmes, com segurança e com fé, amparando aqueles que necessitam mais do que nós mesmos. Que nunca, em tempo algum, partam de nossos corações injurias e violências contra nossos semelhantes. Que aprendamos a ser mansos e pacíficos como nos ensinou, Mestre Amado.

Ampara-nos a todos e permita Senhor, que nossos mentores possam nos assistir, auxiliando-nos na compreensão da lição de hoje e em sua aplicação em nosso dia-a-dia.

Assim, amparados e protegidos, em Teu Nome, Mestre e com Tua permissão iniciamos nossas reflexões de hoje, permaneça conosco e que assim seja. 

Graças a Deus, Graças a Jesus.

 

MENSAGEM INICIAL

Viver em Paz


"...Vivei em paz..." - Paulo, (II CORÍNTIOS. 13:11.) 

Mantém-te em paz. 
É provável que os outros te guerreiem gratuitamente, hostilizando-te a maneira de viver; entretanto, podes avançar em teu roteiro, sem guerrear a ninguém. 
Para isso, contudo - para que a tranquilidade te banhe o pensamento -, é necessário que a compaixão e a bondade te sigam todos os passos. 
Assume contigo mesmo o compromisso de evitar a exasperação. 
Junto da serenidade, poderás analisar cada acontecimento e cada pessoa no lugar e na posição que lhes dizem respeito. 
Repara, carinhosamente, os que te procuram no caminho... 
Todos os que surgem, aflitos ou desesperados, coléricos ou desabridos, trazem chagas ou ilusões. Prisioneiros da vaidade ou da ignorância, não souberam tolerar a luz da verdade e clamam irritadiços... Unge-te de piedade e penetra-lhes os recessos do ser, e identificarás em todos eles crianças espirituais que se sentem ultrajadas ou contundidas. 

Uns acusam, outros choram. 
Ajuda-os, enquanto podes. 
Pacificando-lhes a alma, harmonizarás, ainda mais, a tua vida. 
Aprendamos a compreender cada mente em seu problema. 
Recorda-te de que a Natureza, sempre divina em seus fundamentos, respeita a lei do equilíbrio e conserva-a sem cessar. 
Ainda mesmo quando os homens se mostram desvairados, nos conflitos abertos, a Terra é sempre firme e o Sol fulgura sempre. 
Viver de qualquer modo é de todos, mas viver em paz consigo mesmo é serviço de poucos.

Livro: Fonte Viva – Emmanuel/ Chico Xavier.

 

LEITURA DO EVANGELHO

CAPÍTULO IX – Bem Aventurados os Mansos e Pacíficos

Injúrias e Violências – itens 1 a 5

1 – Bem-aventurados os mansos, porque eles possuirão a Terra. (Mateus, V: 4).

2 – Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus. (Mateus, V: 9)

3 – Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás, e quem matar será réu no juízo. Pois eu vos digo que todo o que se irá contra o seu irmão será réu no juízo; e o que disser a seu irmão: raca, será réu no conselho; e o que disser: és louco, merecerá a condenação do fogo do inferno. (Mateus, V: 21e 22).

4 – Por essas máximas, Jesus estabeleceu como lei a doçura, a moderação, a mansuetude, a afabilidade e a paciência. E, por consequência, condenou a violência, a cólera, e até mesmo toda expressão descortês para com os semelhantes. Raca era entre os hebreus uma expressão de desprezo, que significava homem reles, e era pronunciada cuspindo-se de lado. E Jesus vai ainda mais longe, pois ameaça com o fogo do inferno aquele que disser a seu irmão: És louco.

É evidente que nesta, como em qualquer circunstância, a intenção agrava ou atenua a falta. Mas por que uma simples palavra pode ter tamanha gravidade, para merecer tão severa reprovação? É que toda palavra ofensiva exprime um sentimento contrário à lei de amor e caridade, que deve regular as relações entre os homens, mantendo a união e a concórdia. É um atentado, à benevolência recíproca e à fraternidade, entretendo o ódio e a animosidade. Enfim, porque depois da humildade perante Deus, a caridade para com o próximo é a primeira lei de todo cristão.

5 – Mas o que dizia Jesus por estas palavras: “Bem-aventurados os mansos, porque eles possuirão a Terra?” Não ensinou ele a renúncia aos bens terrenos, prometendo os do céu?

Ao esperar os bens do céu, o homem necessita dos bens da terra para viver. O que ele recomenda, portanto, é que não se dê a estes últimos mais importância que aos primeiros.

Por essas palavras, ele quer dizer que até agora os bens da terra foram açambarcados pelos violentos, em prejuízo dos mansos e pacíficos. Que as estes falta frequentemente o necessário, enquanto os outros dispõem do supérfluo. E promete que justiça lhes será feita, assim na terra como no céu, porque eles serão chamados filhos de Deus. Quando a lei de amor e caridade for à lei da humanidade, não haverá mais egoísmo; o fraco e o pacífico não serão mais explorados nem espezinhados pelo forte e o violento. Será esse o estado da Terra, quando, segundo a lei do progresso e a promessa de Jesus, ela estiver transformada num mundo feliz, pela expulsão dos maus.

 

REFLEXÕES: O que é injuria?  Vem do latim e significa falsidade, qualidade negativa que ofende a honra. Violência, também vem do latim e significa caráter violento. E aí encontramos vários tipos de violência: a violência física, a verbal, a psicológica, as morais. Mas, ao ler esse capítulo, sobre "injúrias  e violências", podemos começar a refletir sobre o nosso dia a dia, que afinal de contas não difere muito da época de Jesus. Mas logo nos colocamos meio fora disso tudo, porque não chegamos as "vias de fato", porque não matamos, não cometemos excessos de injúrias, porque não estamos nas manchetes criminais, porque não cometemos nenhum tipo de violência que a sociedade julgue como importante, e assim, nos colocamos em uma posição confortável, nos sentimos bem e, realmente devemos nos sentir assim, porém, precisamos continuar a nos analisar, em todos os sentidos. Dentro de nossa evolução espiritual individual, vamos caminhando entre erros e acertos, mas muitas vezes não levamos em conta que a violência está enraizada em nós, até mesmo nas simples atitudes, nas simples palavras, enfim no nosso cotidiano, vamos cometendo injúrias e violências com os outros e conosco mesmos.

Mas como será que isso acontece? Simples, basta analisarmos o nosso dia-a-dia. Quem de nós ao assistir uma matéria violenta na TV, não faz seu comentário e seu julgamento de imediato? Quem de nós nunca cometeu uma agressão verbal? Quem de nós nunca deixou, por algum tempo, pelo menos, de conversar ou se dirigir a algum ente querido?...  Na vida onde ação e reação é uma constante, esses excessos que cometemos, voltam com a mesma intensidade. Mas, podemos perguntar: então, como nos livrar disso? A resposta está em nós mesmos, melhorando nossos pensamentos, nossas ações, compreendendo que é possível conviver com todos utilizando da delicadeza, da amabilidade, da compaixão... aí então seremos os bem aventurados do Senhor.

 

PRECE E VIBRAÇÕES –

"Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia." [Emmanuel / Chico Xavier]

E assim fortalecidos e harmonizados com Deus nosso Pai, nós vamos vibrar, e vibrar é desejar os nossos melhores pensamentos e os nossos melhores sentimentos.
Vamos vibrar pelo Bem Universal, pela Paz Mundial e harmonia entre todos os povos. Vibrarmos amorosamente por nosso Brasil, imaginando o seu contorno todo iluminado, e que essa luz seja forte o suficiente para iluminar nossos governantes, envolvendo-os com muito amor e justiça.
Vamos vibrar por todas as religiões que divulgam o Evangelho de Jesus e por todos os espíritos com tarefas Evangélicas.

Vamos vibrar por todos aqueles que sofrem, que estejam doentes do corpo e do espírito, pelos desempregados, pelos que estão passando por depressão, pelos idosos e pelas crianças.
Por nossa Casa Espírita, que nos acolhe e por todos os trabalhos ali realizados, por todos os colaboradores e assistidos.
Vamos vibrar por todos os lares da Terra, principalmente por aqueles que se encontram em desarmonia,
Por todos aqueles que nos pedem preces,
Pelo nosso lar, e pelos nossos queridos, imaginando a figura meiga de Jesus entrando pela porta principal e deixando um rastro de luz que ilumina todos os ambientes e essa luz transborda por portas e janelas e vai envolvendo a toda vizinhança.
E assim pedimos a Deus, permissão para vibrarmos por nós mesmos, criaturas ainda tão necessitadas do amparo e da misericórdia Divina, que nossas águas possam ser fluidificadas, a fim de obtermos o bálsamo para nossas dores e os medicamentos necessários para nossa saúde física, espiritual e mental.

Agradecemos a Deus, nosso Pai Bondoso por todas as bênçãos e a Jesus, nosso Mestre, pelo coração bondoso e por essa oportunidade de estudarmos e refletirmos em torno do Teu Evangelho de Luz.

Que possamos estar agora, mais fortalecidos e esclarecidos, que possamos rever nossas atitudes, avaliando nosso comportamento, reconhecendo nossos erros e nos dispondo a modificá-los. Que possamos Mestre Amado, nos tornarmos pessoas melhores, merecedoras do Teu Amor e da Tua Luz.  

Que Tua Paz nos envolva sempre.

Que assim seja hoje e sempre.

Feliz e Abençoada semana a todos!

Paz e Luz!

 

comments powered by Disqus