Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Hora do Evangelho no Lar - Cap. VI - O CRISTO CONSOLADOR - O Jugo Leve - itens 01 e 02.

CEFA - Depto do Evangelho no Lar - segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

HORA DO EVANGELHO NO LAR

“Vinde a mim, todos os que andais em sofrimentos e vos achais carregados, eu vos aliviarei. " ( Mateus XI: 28)

PRECE

Queridos irmãos...que Jesus nos abençoe em mais um estudo do evangelho.

Vamos acalmando nossos corações, colocando nossas angustias e nossas aflições nas Mãos Misericordiosas de Jesus e suplicar a Ele que nos ampare, fortaleça e abençoe nossa caminhada rumo a evolução.

Vamos deixando fluir em nossa mente, em nossos sentimentos a Paz que Jesus nos deu. E vamos orar.

Pai de Infinita Bondade, sustenta-nos o coração no caminho que nos assinalaste!

Infunde-nos o desejo de ajudar àqueles que nos cercam, dando-lhes das migalhas que possuímos para que a felicidade se multiplique entre nós.

Dá-nos a força de lutar pela nossa própria regeneração, nos círculos de trabalho em que fomos situados, por teus sábios desígnios.

Auxilia-nos a conter as nossas próprias fraquezas, para que não venhamos a cair nas trevas, vitimados pela violência.

Pai não deixe que a alegria nos enfraqueça e nem permitas que a dor nos sufoque.

Ensina-nos a reconhecer tua bondade em todos os acontecimentos e em todas as coisas.

Nos dias de aflição, faze-nos contemplar tua luz, através de nossas lágrimas e nas horas de reconforto, auxilia-nos a estender tuas bênçãos com os nossos semelhantes.

Dá-nos conformação no sofrimento, paciência no trabalho e socorro nas tarefas difíceis. Concede-nos, sobretudo, a graça de compreender a tua vontade seja como for, onde estivermos, a fim de que saibamos servir em teu nome e para que sejamos filhos dignos de teu infinito amor.

Pedimos ao Pai e aos bons amigos espirituais que nos acompanhem ao retornarmos às nossas atividades cotidianas...

Assim seja! (Extraída do livro Temas da Vida, do espírito Agar, psicografia de Chico Xavier)

Permaneça conosco e que assim seja.

Graças a Deus, Graças a Jesus.

 

MENSAGEM INICIAL

LÁGRIMAS

Ninguém como Cristo espalhou na Terra tanta alegria e fortaleza de ânimo.

Reconhecendo isso, muitos discípulos amontoam argumentos contra a lágrima e abominam as expressões de sofrimento.

O Paraíso já estaria na Terra se ninguém tivesse razões para chorar.

Considerando assim, Jesus, que era o Mestre da confiança e do otimismo, chamava ao seu coração todos os que estivessem cansados e oprimidos sob o peso de desenganos terrestres. Não amaldiçoou os tristes: convocou-os à consolação.

Muita gente acredita na lágrima sintoma de fraqueza espiritual.

No entanto, Maria soluçou no Calvário; Pedro lastimou-se, depois da negação; Paulo mergulhou-se em pranto às portas de Damasco; os primeiros cristãos choraram nos circos de martírio... mas, nenhum deles derramou lágrimas sem esperança.

Prantearam e seguiram o caminho do Senhor, sofreram e anunciaram a Boa Nova da Redenção, padeceram e morreram leais na confiança suprema.

O cansaço experimentado por amor ao Cristo converte-se em fortaleza, as cadeias levadas ao seu olhar magnânimo transformam-se em laços divinos de salvação.

Caracterizam-se as lágrimas através de origens específicas.

Quando nascem da dor sincera e construtiva, são filtros de redenção e vida; no entanto, se procedem do desespero, são venenos mortais.

Emmanuel - do livro: Caminho, Verdade e Vida/Chico Xavier.

 

LEITURA DO EVANGELHO
Capítulo 6 – O CRISTO CONSOLADOR

O Jugo Leve

1 – Vinde a mim, todos os que andam em sofrimento e vos achais carregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. (Mateus, XI: 28-30)

2 – Todos os sofrimentos: misérias, decepções, dores físicas, perdas de seres queridos, encontram sua consolação na fé no futuro, e na confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Sobre aquele que, pelo contrário, nada espera após esta vida, ou que simplesmente duvida, as aflições pesam com todo o seu peso, e nenhuma esperança vem abrandar sua amargura. Eis o que levou Jesus a dizer: “Vinde a mim, vós todos que estais fatigados, e eu vos aliviarei”.

Jesus, entretanto, impõe uma condição para a sua assistência e para a felicidade que promete aos aflitos. Essa condição é a da própria lei que ele ensina: seu jugo é a observação dessa lei. Mas esse jugo é leve e essa lei é suave, pois que impõe como dever o amor e a caridade.

 

REFLEXÕES: No sentido figurado jugo significa: " Vínculo de submissão; preito de obediência. Domínio moral." ( Caldas Aulete). " Submissão, obediência; autoridade, domínio."( Aurélio)O jugo referido por Jesus é a observância da lei divina que Ele trouxe, que uma vez entendida e aceita, estabelece um vínculo de submissão e obediência a Deus, que deve levar o homem ao esforço de praticá-la no dia-a-dia. Quem assim o faz, percebe que esse jugo, entendido, aceito e exercitado, alivia e consola, tornando o fardo bem mais leve e mais fácil de carregar. Isso acontece porque o sofredor, confiando nas leis de Deus, na Sua justiça, no Seu amor; sabe que tem o que merece e o de que precisa para poder prosseguir seu processo evolutivo. Isso o leva a confiar no futuro, a perceber as lições que ele pode aproveitar nessas atribulações, podendo até vivê-las com alegria, tão leve o fardo se torna, evitando também, novas infringências. Kardec escreve que "esse jugo é leve e essa lei é suave, pois que impõem como dever o amor e a caridade." Amor e caridade, jamais, em momento algum, podem ser um fardo pesado! Assim, esse jugo torna a vida bonita e estimulante, exaltando o valor do Bem, em tudo e em todos, levando os homens a transcenderem a tudo que é material, grosseiro, ilusório.

 

PRECE E VIBRAÇÕES –

"Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia." [Emmanuel / Chico Xavier]

 

Com nossos pensamentos e sentimentos fortalecidos, harmonizados e elevados a Deus nosso Pai, vamos vibrar em favor de nossos irmãos. Vamos vibrar pela Paz Mundial e harmonia entre todos os povos. Por todas as religiões que divulgam o Evangelho de Jesus e por todos os espíritos com tarefas Evangélicas.

Vibremos pelo nosso Brasil, imaginando o seu contorno todo iluminado, e que essa luz seja forte o suficiente, para iluminar o nosso Presidente, envolvendo a ele e a todo seu ministério com muito amor e justiça.

Vibremos por todos aqueles que sofrem, que encontram-se enfermos da alma ou do corpo físico, pelos encarcerados, pelos órfãos, pelas casas de repouso, asilos e manicômios. 

Vibremos pelos jovens, para que possamos ter cada dia mais a presença deles em nossas Casas Espíritas.

Vibremos por todos os lares da Terra, principalmente por aqueles que se encontram em desarmonia.

Vibremos pelo nosso lar e pelos nossos queridos, imaginando a figura meiga de Jesus entrando pela porta principal, deixando em todos os aposentos, um rastro de luz, que ilumina todos os ambientes e envolve a todos, fazendo com que a união e o amor estejam sempre presente em nossas vidas.

E assim pedimos a Deus, permissão para vibrarmos por nós mesmos, criaturas ainda tão necessitadas do amparo e da misericórdia Divina. Renova, Senhor, as nossas esperanças para que a cada dia, não nos desesperemos diante das dificuldades a serem enfrentadas.
Enxuga as nossas lágrimas quando fraquejarmos e realmente pensarmos em desistir; Mostra-nos uma luz a nos guiar quando nos encontrarmos perdidos pelos caminhos dos desentendimentos..
Dai-nos a paciência diante dos conflitos que nascerem a nossa frente e dai-nos também o pão da vida que alimenta nosso Espírito.
Abençoa nossos passos para que não se tornem vacilantes diante dos espinhos que encontrarão.
Envolve-nos em Teu amparo nos instantes em que mais nos sentirmos sozinhos, inspirando-nos diante dos momentos de indecisão.
Perdoa os nossos erros e novamente Te pedimos,  multiplica nossas forças para que possamos reconhecer o verdadeiro caminho da salvação. Livra-nos das garras do medo, auxiliando-nos a combater o mal que tenta nos dominar. Envolve-nos em Tua Luz de proteção, fazendo assim com que nosso caminhar em Tua direção seja sempre seguro.

Rogamos Tua permissão, Senhor, para que nossas águas sejam fluidificadas, que nelas seja depositado o remédio abençoado que alivia nossas dores, o bálsamo que suaviza nossas inquietações.  E por todas as b ençãos recebidas, damos graças ao Senhor.

Permaneça conosco Senhor, por hoje e sempre.
Que assim seja! 

 

Uma feliz e abençoada semana a todos. Paz e Luz.

comments powered by Disqus