Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Estudo Semanal do Livro dos Espíritos.21/04/2016

Adauto Alves de Lima- ADDE - quinta-feira, 21 de abril de 2016
NOTA: É de suma importância o estudo “das ordens” dos espíritos, porque nos dará condições de sabermos que não existem só espíritos maus ou espíritos perfeitos. Vale muito a pena estudar com carinho e dedicação.  
Espíritas; amai-vos, eis o primeiro ensinamento; instruí-vos, eis o segundo - ESPÍRITO DE VERDADE - Paris, 1861 (Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. VI – item 5)
O Livro dos Espíritos » Parte Segunda - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos » Capítulo I - Dos Espíritos » Escala espírita » TERCEIRA ORDEM - ESPÍRITOS IMPERFEITOS »
101. Características gerais. - Predominância da matéria sobre o espírito. Propensão para o mal. Ignorância, orgulho, egoísmo e todas as paixões que lhes são consequentes.
Têm a intuição de Deus, mas não O compreendem.
Nem todos são essencialmente maus. Em alguns há mais leviandade, irreflexão e malícia do que verdadeira maldade. Uns não fazem o bem nem o mal; mas, pelo simples fato de não fazerem o bem, já denotam a sua inferioridade. Outros, ao contrário, se comprazem no mal e rejubilam quando uma ocasião se lhes depara de praticá-lo.
A inteligência pode achar-se neles aliada à maldade ou à malícia; seja, porém, qual for o grau que tenham alcançado de desenvolvimento intelectual, suas ideias são pouco elevadas e mais ou menos abjetos seus sentimentos. 
Restritos conhecimentos têm das coisas do mundo espírita e o pouco que sabem se confunde com as ideias e preconceitos da vida corporal. Acerca dessas coisas, não nos podem dar senão noções falsas e incompletas; entretanto, nas suas comunicações, mesmo imperfeitas, o observador atento encontra a confirmação das grandes verdades ensinadas pelos Espíritos superiores.
Na linguagem de que usam se lhes revela o caráter. Todo Espírito que, em suas comunicações, trai um mau pensamento pode ser classificado na terceira ordem. Conseguintemente, todo mau pensamento que nos é sugerido vem de um Espírito desta ordem.
Eles veem a felicidade dos bons e esse espetáculo lhes constitui incessante tormento, porque os faz experimentar todas as angústias que a inveja e o ciúme podem causar.
Conservam a lembrança e a percepção dos sofrimentos da vida corpórea e essa impressão é muitas vezes mais penosa do que a realidade. Sofrem, pois, verdadeiramente, pelos males de que padeceram em vida e pelos que ocasionaram aos outros. E, como sofrem por longo tempo, julgam que sofrerão para sempre. Deus, para puni-los, quer que assim julguem.
Podem ser divididos em cinco classes principais.
TEXTOS RELACIONADOS (IPEAK)
O Livro dos Espíritos » Parte Segunda - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos » Capítulo I - Dos Espíritos » Progressão dos Espíritos » Progressão dos Espíritos
O Livro dos Espíritos » Parte Segunda - Do mundo espírita ou mundo dos Espíritos » Capítulo I - Dos Espíritos » Progressão dos Espíritos » 120
Revista Espírita 1858 » Fevereiro » A avareza -— dissertação pelo Espírito de São Luís



Lima, Adauto Alves de

Fones: (17) 3232.3321 / 997911320

comments powered by Disqus