Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Hora do Evangelho no Lar - A Virtude - segundas-feiras Às 12hs

Departamento do Evangelho no Lar - CEFA - segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

HORA DO EVANGELHO NO LAR  

“A virtude, no seu grau mais elevado, abrange o conjunto de todas as qualidades essenciais que constituem o homem de bem.” (ESE – Cap. XVII item 8)

 

PRECE

Queridos irmãos...que Jesus nos abençoe.

Vamos nos preparando para o Estudo do Evangelho, asserenando nossos pensamentos e emoções, acalmando nossos corações, nos distanciando dos barulhos exteriores e elevando nossos pensamentos ao alto.

Jesus, Mestre Amigo de todas as horas, nós te pedimos que nos abençoe, nos proteja em todos os momentos de nossas vidas, em especial, neste momento em que nos preparamos para o Estudo do Seu Evangelho.

Mestre Querido, Te agradecemos por tudo que tem nos proporcionado, por nos envolver tão doce e firmemente em Teu Amor, em Tua Luz, proporcionando a todos nós dias mais leves e serenos, fazendo com que, através de Teus ensinamentos edificantes, nos transformemos em pessoas melhores dia após dia.

Neste momento em que nos preparamos para iniciar nossos estudos de hoje, nós Te pedimos que permita a assistência dos Benfeitores Espirituais, dos Mentores Espirituais que conduzem este trabalho de amor e assim, com Tua permissão, vamos iniciando nossas reflexões acerca do Teu

Permaneça conosco Senhor, nos amparando, nos fortalecendo e dando-nos o discernimento necessário para que possamos assimilar os Teus Ensinamentos e aplicá-los em nossos dias.

Que assim seja!

Graças a Deus, Graças a Jesus.

  

MENSAGEM INICIAL

“Provas de Virtude”

A riqueza material é chamada na Terra a provas características.
Quando se não associa ao trabalho e ao progresso, à educação ou à beneficência, perde nos exames da vida, rebaixando-se à condição de avareza.
A virtude é também constantemente intimada a testes que lhe confirmem o valor.
Que será do ignorante sem professor que o instrua; do enfermo sem alguém que o assista com o remédio necessário; do cego sem guia; da criança absolutamente desvalida de apoio com que se lhe dê orientação?
Se já te equilibraste, do ponto de vista do sentimento e do raciocínio, detendo a possibilidade de conservares o pensamento reto, por cima dos próprios ombros, compadece-te dos irmãos que ainda não te alcançaram a eminência espiritual e ampara-lhes o reajuste, em bases de simpatia e cooperação.
Recorda que Deus a ninguém desampara. E semelhante princípio começa a patentear-se nos departamentos mais simples da natureza. 
A roseira é um emaranhado de espinhos ornamentado de flores.
Não existe diamante autêntico que não haja sido carvão.
Se tens a posse da virtude, que te assegura paz e conhecimento, não fuja de socorrer aqueles que sabes em duros problemas, na conquista do próprio equilíbrio e sustentação.
Para isso, não é preciso lhes adotes os conflitos e desajustes, tanto quanto o médico, para ajudar, não necessita estirar com o doente no mesmo leito.
Basta te disponhas a auxiliar com bondade e entendimento.
Compreender, no bom sentido, é ver para abençoar, aliviar, amparar, construir ou reconstruir.
E se dúvidas te surgirem na alma, sempre que te decidas a servir, lembra-te de Jesus quando, por outras palavras, nos afirmou, convincente:
— “De mim mesmo, não vim ao mundo para curar os sãos.”

Do livro “Rumo Certo” - Psicografia de Francisco Cândido Xavier, pelo espírito de Emmanuel. 

LEITURA DO EVANGELHO

Cap. 17 – SEDE PERFEITOS

II – A Virtude

FRANÇOA-NICOLAS-MADELENE

Paris, 1863

8 – A virtude, no seu grau mais elevado, abrange o conjunto de todas as qualidades essenciais que constituem o homem de bem. Ser bom, caridoso, trabalhador, sóbrio, modesto, são as qualidades do homem virtuoso. Infelizmente, são quase sempre acompanhadas de pequenas falhas morais, que as deslustram e enfraquecem. Aquele que faz alarde de sua virtude não é virtuoso, pois lhe falta a principal qualidade: a modéstia, e sobra-lhe o vício mais oposto: o orgulho.  A virtude realmente digna desse nome não gosta de exibir-se. Temos de adivinhá-la, mas ela se esconde na sombra, foge à admiração das multidões. São Vicente de Paulo era virtuoso. O digno Cura de Ars era virtuoso. E assim muitos outros, pouco conhecidos do mundo, mas conhecidos de Deus. Todos esses homens de bem ignoravam que eram virtuosos. Deixavam-se levar pela corrente das suas santas inspirações, e praticavam o bem com absoluto desinteresse completo esquecimento de si mesmos.

É para essa virtude, assim compreendida e praticada, que eu vos convido, meus filhos. Para essa virtude realmente cristã e verdadeiramente espírita, que eu vos convido a consagrar-vos. Mas afastai de vossos corações o sentimento do orgulho, da vaidade, do amor próprio, que deslustram sempre as mais belas qualidades. Não imiteis esse homem que se apresenta como modelo e se gaba das próprias qualidades, para todos os ouvidos tolerantes. Essa virtude de ostentação esconde, quase sempre, uma infinidade de pequenas torpezas e odiosas fraquezas.

O homem que se exalta a si mesmo, que eleva estátuas à sua própria virtude, em princípio aniquila, por essa única razão, todos os méritos que efetivamente podia ter. E que direi daquele cujo valor se reduz a parecer o que não é? Compreendo perfeitamente que aquele que faz o bem sente uma satisfação íntima, no fundo do coração. Mas desde o momento em que essa satisfação se exterioriza, para provocar elogios, degenera em amor- próprio.

Oh, vós todos, a quem a fé espírita reanimou os seus raios, e que sabeis quanto o homem se encontra longe da perfeição, jamais vos entregueis a semelhante insensatez! A virtude é uma graça, que desejo para todos os espíritas sinceros, mas com esta advertência: Mais vale menos virtude na modéstia, do que muitas no orgulho. Foi pelo orgulho que as humanidades se perderam sucessivamente. É pela humildade que elas um dia deverão redimir-se.

 

 

REFLEXÕES: Texto auxiliar: Virtude, de acordo com o dicionário a palavra virtude (do latim virtus) designa excelência ou qualidade, disposição firme e constante para a prática do bem. A lição de hoje, nos diz que a virtude, no seu grau mais elevado, abrange o conjunto de todas as qualidades essenciais que constituem o homem de bem e na questão 893 do LE, Kardec pergunta: - Qual a mais meritória de todas as virtudes? E obtém a seguinte resposta: “Toda virtude tem seu mérito próprio, porque todas indicam progresso na senda do bem. Há virtude sempre que há resistência voluntária ao arrastamento dos maus pendores. A sublimidade da virtude, porém, está no sacrifício do interesse pessoal, pelo bem do próximo, sem pensamento oculto. A mais meritória é a que assenta na mais desinteressada caridade”.

O desenvolvimento de virtudes, envolve a melhoria integral do ser humano, independentemente do lugar em que se situe: no lar, no ambiente profissional, no templo religioso, nos locais de lazer, etc.

O Espírito André Luiz nos lembra que a virtude “[…] não é flor ornamental. É fruto abençoado do esforço próprio que você deve usar e engrandecer no momento oportuno.”

FRANÇOA-NICOLAS-MADELENE, em sua mensagem, convida os espíritas, que compreendem que o homem está longe da perfeição, que é o objetivo de Deus em relação a seus filhos, a não cederem aos vícios da alma, que levam o homem a agir de forma tola e pretensiosa.

E Deus ofereceu ao homem, o mais perfeito modelo, para nos servir de guia e modelo, Deus nos ofereceu Jesus que, constitui o tipo da perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ensinou é a expressão mais pura da lei do Senhor, porque, sendo ele o mais puro de quantos têm aparecido na Terra, o Espírito Divino o animava. (LE, questão 625).

 

 

PRECE E VIBRAÇÕES -
"Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia." [Emmanuel / Chico Xavier]

 

E assim, agradecendo a Jesus pelos ensinamentos de hoje, por mais esta oportunidade de aprendizado, vamos encerrando nossas reflexões, pedindo ainda que nos auxilie a executarmos alegremente as próprias obrigações, a nos silenciarmos diante das ofensas, a esquecermos o favor prestado, a emudecermos a nossa agressividade, a treinarmos a paciência ouvindo fraternalmente os companheiros necessitados. Auxilia-nos Mestre a buscarmos sempre a melhor parte das pessoas que compartilham a existência conosco.

Rogamos e vibramos, Mestre Amado, por nosso Orbe Terrestre; por todos os povos de todos os Países; pelo nosso Brasil, nossa Pátria Amada, que possa haver sempre justiça e paz a toda a humanidade.

Vibramos, neste momento, principalmente por todos aqueles que se encontram enfermos do corpo físico ou do espírito, encarnados e desencarnados, em especial pelos suicidas. Vibramos por nossos idosos; por nossos jovens; por todas as nossas crianças; por todos os lares da terra, para que tenham sempre harmonia e amor; por todos aqueles, que através da internet ou pessoalmente, buscam alívio e amparo para suas dores e necessidades.

Vibramos muito especialmente, por nossos familiares e amigos e, por todos os membros e líderes de Casas Espíritas.

Que nossas preces sejam atendidas e que nossas águas sejam fluidificadas para que, através delas, possamos receber o medicamento que nos fortalece.

Graças Vos damos Senhor por estes momentos de aprendizado, reflexões e prece.

Que Tuas vibrações amorosas permaneçam sempre conosco.

Que assim seja. 

Graças a Deus, Graças a Jesus.

 

Até a próxima semana com as bênçãos de Deus. Gratidão a todos que nos acompanham!!!

Paz e Luz!

 

comments powered by Disqus