Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Hora do Evangelho no Lar - A Aliança da Ciência com a Religião - Estudo Semanal - segundas - 12 hs.

Centro Espírita Francisco de Assis - Depto do Evangelho no Lar - segunda-feira, 7 de setembro de 2015

HORA DO EVANGELHO NO LAR    

“São chegados os tempos em que os ensinamentos do Cristo têm de ser completados...” (ESE – Cap. I – item 8).

PRECE INICIAL
Queridos irmãos... que a Paz de Jesus nos envolva e nos ampare neste nosso encontro de corações. Falar sobre Jesus, estudar o seu Evangelho é abrirmos nossos corações aos ensinamentos que Ele nos trouxe. Portanto, Senhor Jesus, nesta manhã serena nos colocamos diante de Ti em oração, agradecendo a Deus mais esta oportunidade de vida que nos concede, agradecendo mais esta oportunidade de aprendizado, agradecendo a Ti Mestre querido por nos capacitar para vencermos os obstáculos em nossos dias. Mestre Jesus conceda-nos tranquilidade e harmonia em nossas vidas. Sabemos Senhor que nunca nos deixa sozinhos, que sempre nos ampara, então Senhor dê-nos sabedoria em nossas decisões, fortaleça nossa fé, renove nossa esperança e nos ensine a caminhar na sua estrada de Amor e Luz. E assim, em Nome de nosso Mestre Jesus, em nome de Francisco de Assis e em nome de nossos benfeitores, iniciamos mais um Estudo do Evangelho.
Que assim seja. (se preferir, faça sua prece do coração, fale com Jesus, ele compreenderá...tenha fé.)

LEITURA INICIAL
Ciência e Amor
Emmanuel/Chico Xavier. Lição 152 da obra “Caminho, Verdade e Vida”

"A ciência incha, mas o amor edifica." Paulo. (1 CORINTIOS, 8:1.)
A ciência pode estar cheia de poder, mas só o amor beneficia.
A ciência, em todas as épocas, conseguiu inúmeras expressões evolutivas.
Vemo-la no mundo, exibindo realizações que pareciam quase inatingíveis.
Máquinas enormes cruzam os ares e o fundo dos oceanos.
A palavra é transmitida, sem fios, a longas distâncias.
A imprensa difunde raciocínios mundiais.
Mas, para essa mesma ciência pouco importa que o homem lhe use os frutos para o bem ou para o mal.
Não compreende o desinteresse, nem as finalidades santas.
O amor, porém, aproxima-se de seus labores e retifica-os, conferindo-lhe a consciência do bem.
Ensina que cada máquina deve servir como utilidade divina, no caminho dos homens para Deus, que somente se deveria transmitir a palavra edificante como dádiva do Altíssimo, que apenas seria justa a publicação dos raciocínios elevados para o esforço redentor das criaturas.
Se a ciência descobre explosivos, esclarece o amor quanto à utilização deles na abertura de estradas que liguem os povos; se a primeira confecciona um livro, ensina o segundo como gravar a verdade consoladora.
A ciência pode concretizar muitas obras úteis, mas só o amor institui as obras mais altas.
Não duvidamos de que a primeira, bem interpretada, possa dotar o homem de um coração corajoso; entretanto, somente o segundo pode dar um coração iluminado.
O mundo permanece em obscuridade e sofrimento, porque a ciência foi assalariada pelo ódio, que aniquila e perverte, e só alcançará o porto de segurança quando se render plenamente ao amor de Jesus-Cristo.

LEITURA DO EVANGELHO
Capítulo I - Não vim destruir a Lei
Item 8 – A ALIANÇA DA CIÊNCIA COM A RELIGIÃO
8. A Ciência e a Religião são as duas alavancas da inteligência humana: uma revela as leis do mundo material e a outra as do mundo moral. Tendo, no entanto, essas leis o mesmo princípio, que é Deus, não podem contradizer-se. Se fossem a negação uma da outra, uma necessariamente estaria em erro e a outra com a verdade, porquanto Deus não pode pretender a destruição de sua própria obra. A incompatibilidade que se julgou existir entre essas duas ordens de ideias provém apenas de uma observação defeituosa e de excesso de exclusivismo, de um lado e de outro. Daí um conflito que deu origem à incredulidade e à intolerância.
São chegados os tempos em que os ensinamentos do Cristo têm de ser completados; em que o véu intencionalmente lançado sobre algumas partes desse ensino tem de ser levantado; em que a Ciência, deixando de ser exclusivamente materialista, tem de levar em conta o elemento espiritual e em que a Religião, deixando de ignorar as leis orgânicas e imutáveis da matéria, como duas forças que são, apoiando-se uma na outra e marchando combinadas, se prestarão mútuo concurso. Então, não mais desmentida pela Ciência, a Religião adquirirá inabalável poder, porque estará de acordo com a razão, já se lhe não podendo mais opor a irresistível lógica dos fatos.
A Ciência e a Religião não puderam, até hoje, entender-se, porque,
encarando cada uma as coisas do seu ponto de vista exclusivo, reciprocamente se repeliam. Faltava com que encher o vazio que as separava, um traço de união que as aproximasse. Esse traço de união está no conhecimento das leis que regem o Universo espiritual e suas relações com o mundo corpóreo, leis tão imutáveis quanto as que regem o movimento dos astros e a existência dos seres. Uma vez comprovadas pela experiência essas relações, nova luz se fez: a fé dirigiu-se à razão; esta nada encontrou de ilógico na fé: vencido foi o materialismo. Mas, nisso, como em tudo, há pessoas que ficam atrás, até serem arrastadas pelo movimento geral, que as esmaga, se tentam resistir-lhe, em vez de o acompanharem. E toda uma revolução que neste momento se opera e trabalha os espíritos. Após uma elaboração que durou mais de dezoito séculos, chega ela à sua plena realização e vai marcar uma nova era na vida da Humanidade. Fáceis são de prever as consequências: acarretará para as relações sociais inevitáveis modificações, às quais ninguém terá força para se opor, porque elas estão nos desígnios de Deus e derivam da lei do progresso, que é lei de Deus.

REFLEXÕES:
A Ciência com seu avanço intelectual veio para descortinar parte dos ensinos, um canto do véu, mas não nos disse tudo.
A religião, por sua vez, também teve suas revelações, descortinou mais uma parte dos ensinamentos. Moisés nos trouxe as Leis de Deus e a Lei de Talião, que estão descritas no Velho Testamento. Jesus, vem nos trazer a Lei do Amor, descrita no Novo Testamento. Verificamos pela lição de hoje que faltava um elo entre a Ciência e a Religião, era necessário que houvesse um traço de união que as ligassem e este traço, esta aliança surge através da terceira Revelação, através do Espiritismo. Era necessário que o homem tivesse conhecimento das leis que regem o mundo espiritual e as suas relações com o mundo corporal, leis tão imutáveis quanto as que regem os movimentos dos astros. Hoje os sinais da aproximação entre Ciência e Religião são muito claros. Quantos cientistas são espíritas ou espiritualistas. Quantos já carregam consigo, além do material científico, a fé e a oração? E nós, o que estamos fazendo para contribuir com a Obra do Cristo? Se não podemos contribuir com a Ciência, com certeza podemos contribuir exercitando, praticando e ensinado a Lei de Amor que Jesus veio nos ensinar a vivenciar. Com certeza podemos auxiliar a Semente de Verdade, que Jesus lançou, germinar entre todos nós. Somos todos colaboradores de Jesus na edificação do Reino de Deus, vamos auxiliar para sermos auxiliados, vamos fazer por merecer o Reino de Deus

VIBRAÇÕES E PRECE FINAL
Com nossos pensamentos e sentimentos harmonizados vamos nos elevando até Nosso Pai pedindo que Ele possa amparar nosso propósito de servir, que possamos sempre, em Teu Nome auxiliarmos e sermos auxiliados; compreendermos mais e amarmos mais, sempre. Agradecemos a Jesus por todos os ensinamentos pedindo ainda que nos abençoe sempre, que ampare e fortaleça a todos os dirigentes espíritas, ao nosso CEFA e a seus dirigentes, colaboradores e atendidos. Senhor, Te pedimos pela Paz Mundial pela harmonia entre os povos, especialmente hoje, com toda nossa gratidão por nosso país, onde nascemos, pelo nosso Brasil e nossos governantes. Também oramos por todas as religiões. Oramos Senhor com carinho e amor por todos aqueles que neste momento estão em sofrimento, sejam eles, encarnados ou desencarnados. Oramos Senhor, com muito respeito e carinho especial por nossos irmãos suicidas, que sejam eles acolhidos e esclarecidos. Oramos pelas crianças e pelos jovens, para que tenham sempre proteção. Senhor, que a proteção divina se estenda a todos os lares, ao nosso também, que neles reinem o amor e respeito. Abençoe Mestre Amado todos os nossos queridos, nossos familiares, amigos e aqueles que se consideram nossos inimigos.
Quanto a nós Senhor, pedimos perdão por nossos enganos e desacerto auxilie-nos Mestre a desenvolvermos nossas virtudes, para que sejamos mais serenos, compreensivos e fraternos uns com os outros e, rogamos aos Bons Espíritos, encarregados da fluidificação das águas, que depositem em nossas águas as energias necessárias para nosso equilíbrio físico, espiritual e mental. Agradecemos por todas as bênçãos e ensinamentos obtidos através de nossos estudos de hoje, principalmente por estes momentos de prece e de vibrações. Que as vibrações amorosas que nos envolvem neste instante permaneçam conosco e que a Paz e o Amor de Jesus estejam sempre presente em nossas ações e em nossa vida.
Que assim seja.
Graças a Deus! Graças a Jesus.

Meus queridos irmãos que possamos ter uma semana iluminada, repleta de bênçãos. Que Jesus esteja sempre presente em todos os momentos de nossas vidas.
Nosso carinho e nosso abraço amoroso a todos.
Paz e Luz!

 

comments powered by Disqus