Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Auta de Souza

Autor: Espírito: Auta de Souza

AUTA DE SOUZA
Espírito: Auta de Souza
Livro - 147 / Ano - 1976 / Editora - IDEAL

Notícias de Auta...
Sim, notícias de Auta, "a mais pura e dolorosa poetisa do Brasil", na palavra de Edgar Barbosa; "a eminente e humilde Auta de Souza, a mais espiritual das poetisas brasileiras" - no juízo de Andrade Muricy; "poetisa de raro merecimento" - reconhece Olavo Bilac, que prefaciou seu "HORTO", o único livro que ela nos deixou em sua rápida existência terrestre, uma "vida breve que foi canção, como na música de Manoel de Falla" - qual sente Luís Câmara Cascudo, seu biógrafo.
Tristão de Ataíde, no prefácio à 3ª edição do "HORTO", acentua que Auta de Souza "nunca sonhou com a glória literária. Nem mesmo com esse eco que só depois de morta veio encontrar no coração dos simples, onde toda uma parte de seus poemas encontrou a mais terna repercussão. E esse sentimento de absoluta pureza é o que mais encanta nos seus poemas. Auta de Souza viveu em estado de graça e os seus versos revelam de modo evidente. Daí o grande lugar que ocupa em nossa poesia cristã, em cuja cordilheira sempre há de ser um dos altos mais puros e mais solitários."

Meimei
(Uberaba, 2 de fevereiro de 1976)

comments powered by Disqus