Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Hora do Evangelho no Lar - Caridade Segundo São Paulo - Estudo Semanal

Centro Espírita Francisco de Assis - Depto do Evangelho no Lar - segunda-feira, 24 de agosto de 2015
HORA DO EVANGELHO NO LAR

Se eu falar as línguas dos anjos; se tiver o dom de profecia, e penetrar todos os mistérios; se tiver toda a fé possível, a ponto de transportar montanhas, mas não tiver caridade, nada sou.(ESE – Cap. XV – item 7).

PRECE INICIAL
Queridos irmãos...que Jesus nos abençoe em mais um estudo do Seu Evangelho de Luz.
Vamos serenando nossos corações, agradecendo a Jesus por todas as bênçãos em nossas vidas, agradecendo por mais uma oportunidade de estudo e, vamos pedindo que nos ampare e nos fortaleça em nossa caminhada rumo a evolução espiritual.
Vamos orar:
“Deus, nosso Pai, que sois todo Poder e Bondade, dai a força àquele que passa pela provação, dai a luz àquele que procura a verdade; ponde no coração do homem a compaixão e a caridade!
Deus, Dai ao viajor a estrela guia, ao aflito a consolação, ao doente o repouso.
Pai, Dai ao culpado o arrependimento, ao espírito a verdade, à criança o guia, e ao órfão o pai!
Senhor, que a Vossa Bondade se estenda sobre tudo o que criastes. Piedade, Senhor, para aquele que vos não conhece, esperança para aquele que sofre. Que a Vossa Bondade permita aos espíritos consoladores derramarem por toda a parte, a paz, a esperança, a fé.
Deus! Um raio, uma faísca do Vosso Amor pode abrasar a Terra; deixai-nos beber nas fontes dessa bondade fecunda e infinita, e todas as lágrimas secarão, todas as dores se acalmarão.
E um só coração, um só pensamento subirá até Vós, como um grito de reconhecimento e de amor.
Como Moisés sobre a montanha, nós Vos esperamos com os braços abertos, oh Poder!, oh Bondade!, oh Beleza!, oh Perfeição!, e queremos de alguma sorte merecer a Vossa Divina Misericórdia.
Deus, dai-nos a força para ajudar o progresso, afim de subirmos até Vós; dai-nos a caridade pura, dai-nos a fé e a razão; dai-nos a simplicidade que fará de nossas almas o espelho onde se refletirá a Vossa Divina e Santa Imagem.”
Assim Seja. (Cáritas - espírito protetor) (se preferir, faça sua prece do coração, fale com Jesus, ele compreenderá...tenha fé.)


MENSAGEM INICIAL
NO CULTO DA CARIDADE
Aprendamos a auxiliar para que a nossa dádiva não se transforme em espinho, envenenando as chagas alheias.
A Caridade não surge apenas na doação de ordem material.
É Serviço de cada instante e Apoio de cada dia.
Não comentes o mal para que o mal não se estenda, não te refiras à sombra para que a sombra te não envolva o caminho.
Ao pé dos semelhantes cala o impulso da maldição que começa na leviandade e na crítica.
Se junto aos doentes, não te reportes à enfermidade, se respirando entre ignorantes não reproves aqueles que ainda se movimentam nas trevas.
Não insistas, destacando a perversidade e o infortúnio, embora a vida nos determine o dever de extinguir a penúria e sanar a dor.
Lembra-te de que é preciso esquecer a própria superioridade, para que a lição não se converta em orgulho e que é necessário ofuscar o nosso propósito de evidência para que o ensejo da luz favoreça os necessitados de confiança.
Não vale socorrer desesperando ou ferindo...
Quase sempre a carência do próximo prescindirá do teu ouro, desde que saibas soerguê-la ao teu próprio nível, a fim de que se dignifique para o trabalho e se restaure para o sol da esperança.
Ocultar a mão esquerda para que a mão direita não te conheça a beneficência não é simplesmente atitude de respeito e fraternidade na assistência comum, mas também Apelo do Cristo à nossa Humildade para que nos amparemos reciprocamente, sabendo que a fraqueza dos caídos de hoje pode ser a nossa fraqueza nos embates da alma que a vida nos oferecerá de futuro, e que apenas Praticaremos o Amor, em nos Compreendendo e Ajudando uns aos Outros por Verdadeiros Irmãos.
Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Irmão. Lição nº 13. Página 74. Ditado pelo Espírito Emmanuel.

LEITURA DO EVANGELHO

Cap.15 – FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO.
A Caridade Segundo São Paulo
6 – Se eu falar as línguas dos homens e dos anjos, e não tiver caridade, sou como o metal que soa, ou como o sino que tine. E se eu tiver o dom de profecia, e conhecer todos os mistérios, e quanto se pode saber; e se tiver toda a fé, até a ponto de transportar montanhas, e não tiver caridade, não sou nada. E se eu distribuir todos os meus bens em o sustento dos pobres, e se entregar o meu corpo para ser queimado, se todavia não tiver caridade, nada disto me aproveita. A caridade é paciente, é benigna; a caridade não é invejosa, não obra temerária nem precipitadamente, não se ensoberbece, não é ambiciosa, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo sofre. A caridade nunca jamais há de acabar, ou deixem de ter lugar às profecias, ou cessem as línguas, ou seja abolida a ciência.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade, estas três virtudes; porém a maior delas é a caridade. (Paulo, I Coríntios, XIII: 1-7 e 13).
7 – São Paulo compreendeu tão profundamente esta verdade, que diz: “Se eu falar as línguas dos anjos; se tiver o dom de profecia, e penetrar todos os mistérios; se tiver toda a fé possível, a ponto de transportar montanhas, mas não tiver caridade, nada sou. Entre essas três virtudes: a fé, a esperança e a caridade, a mais excelente é a caridade”. Coloca, assim, sem equívoco, a caridade acima da própria fé. Porque a caridade está ao alcance de todos, do ignorante e do sábio, do rico e do pobre; e porque independe de toda a crença particular.
E faz mais: define a verdadeira caridade; mostra-a, não somente na beneficência, mas no conjunto de todas as qualidades do coração, na bondade e na benevolência para com o próximo.

REFLEXÕES:
1 - O que nos ensina Paulo, nesta 1ª Epístola aos Coríntios?
Paulo nos ensina que a virtude por excelência é a caridade; e que nada nos vale possuir grandes conhecimentos, ter imensa fé ou distribuir riqueza em favor dos necessitados, se não tivermos caridade.
"Ainda quando eu falasse todas as línguas dos homens e a língua dos próprios anjos, se eu não tiver caridade, serei como o bronze que soa e um címbalo que retine."
2 - É possível se praticar a caridade e fazer, ao mesmo tempo, o mal aos outros?
Não. A verdadeira caridade se faz acompanhar dos mais nobres e sublimes sentimentos, repelindo instintivamente os sentimentos inferiores.
"Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará a um e amará a outro, ou se prenderá a um e dispensará o outro."
3 - Por que Paulo considera a caridade mais excelente que a fé e a esperança?
Porque "a caridade está ao alcance de toda gente: do ignorante, como do sábio, do rico, como do pobre e independe de qualquer crença particular."

VIBRAÇÕES
Com nossos pensamentos e sentimentos harmonizados vamos nos elevando até Nosso Pai, vibrando em favor da Paz Mundial e harmonia entre todos os povos;
Por todas as religiões e por todos os espíritos com tarefas Evangélicas, divulgadores do Evangelho de Jesus.
Vamos pedindo pelo nosso Brasil para que nosso povo seja amparado, para que nossos líderes políticos sejam iluminados, que esse nosso país seja iluminado por Tuas Luzes e que a Paz prevaleça sempre. Que os benfeitores espirituais protejam a todos, acalmando multidões e serenando pensamentos contraditórios.
Que todos os que se encontram enfermos da alma ou do corpo físico, recebam o bálsamo para suas dores.
Que todos os lares da Terra tenham paz e harmonia.
Vibremos por nossa Casa Espírita, que acolhe e reconforta a todos indistintamente.
E assim, pedimos a Deus permissão para vibrarmos por nós mesmos e nossos familiares, criaturas ainda tão necessitadas do amparo e da misericórdia Divina. Obrigada Senhor,
Que assim seja. (silenciar uns segundinhos)

PRECE FINAL
"Coloca o teu recipiente de água cristalina à frente de tuas orações e espera e confia." [Emmanuel / Chico Xavier]
Jesus amigo, ao encerrarmos nossos estudos de hoje elevamos nossos pensamentos e nossos sentimentos a Ti, querido amigo, com muita gratidão em nossos corações.
Pedimos Mestre que nossas águas sejam fluidificadas e aqueles que dela beberem recebam o remédio salutar para suas dores físicas ou espirituais.
E assim, agradecidos por estes momentos de estudo e reflexão, rogamos Mestre Amado que nos auxilie a sermos cada dia melhores e que possamos retribuir tudo que temos recebido, contribuindo com o trabalho na tua seara de Amor e Luz,
"Pai Nosso que estais nos céus..."
Que assim seja.

 

Que todos nós possamos ter uma semana de paz, de amor e harmonia. Que Jesus esteja sempre presente em nossas vidas. Recebam nosso abraço fraterno e até na próxima semana para mais um encontro de corações.
Departamento do Evangelho no Lar/CEFA.

 

 

 

comments powered by Disqus