Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

BEM-AVENTURADOS OS LIMPOS DE CORAÇÃO

Abrahão Ribeiro-Foz do Iguaçu -PR - segunda-feira, 27 de julho de 2015

BEM-AVENTURADOS OS LIMPOS DE CORAÇÃO

 

Esse é um dos temas que exige discernimento para ser comentado, porque descortina uma dinâmica profunda no ser, na consciência, falar de algo tão sublime é necessário sentir a pureza dessa grandeza interiormente e, notamos que Jesus fez questão de realçar "os limpos de coração contemplarão a Deus", isto guarda relação com os sentimentos, com as coisas íntimas da alma, e o Reino Divino não vem com aparência exterior (Lucas 17. 20-21); e sim, é uma luz divina que nasce e cresce no coração do ser.

 

Jesus definiu Deus como sendo Espírito (João 4. 24), e por ser Espírito é imaterial; logo somente poderemos ver diretamente a Deus com os “olhos do espírito”. Isso não significa que não possamos sentir a presença de Deus em nosso ser, ainda estando imerso na existência carnal, pois Deus está presente em toda Natureza universal através do seu imenso Poder Espiritual. E assim orientou Jesus que o planeta Terra é o estrado dos pés de Deus (Mateus 5. 35).

        Agora, ver a glória de Deus na plenitude de sua grandeza celestial somente quando tivermos purificado o nosso ser espiritual, que é a essência da vida em todos os fundamentos do existir e, superado as imperfeições da existência material. Pois os nossos órgãos materiais, quando encarnados na vida humana, por serem limitadas as percepções das funções visuais, elas nos tornam inaptos à visão de certas coisas, mesmo materiais. Alguns seres inanimados nos fogem totalmente à visão física, entretanto, nem por isso duvidamos de sua existência, assim também como não vemos os micro-organismos, por exemplo: as bactérias, os fungos. Respiramos o oxigênio, mas não conseguimos vê-lo diretamente.

 

        Sendo Deus a essência divina por excelência, unicamente os Espíritos que atingiram o mais alto grau de desmaterialização e desenvolvido no ser espiritual o amor divino, as virtudes morais e a perfeição da grandeza angelical podem perceber o Pai Celestial e vê-lo diretamente, assim confirmou Jesus:“Bem aventurados os puros de coração, porque eles contemplarão a Deus” (Mateus. 5.  8).

                                relato bíblico

                                      Mateus 5. 8

 

 

VOZ

Q

CLAMA

http://vozqclamabr.blogspot.com/

Intensivo de Difusão Espiritualidade Evangélica – IDE

 

comments powered by Disqus