Associação de Divulgação da Doutrina Espírita

São José do Rio Preto - SP

Prece na madrugada

Carlos Alberto de Oliveira Aires - segunda-feira, 18 de agosto de 2014

SENHOR:
Quantas vezes acordo e estou aflito
A voz cala, mas o eco do meu grito
É tão forte no peito a bradar.
Nessas horas que fico nas caladas
No silêncio das minhas madrugadas
Peço forças a Ti pra me ajudar.

Suplicando eu faço-lhe uma oração
O alívio que sinto e a emoção
Tranqüilizam-me trazendo tanta paz
Na certeza que me ouve eu tenho a sorte
Pois o grito em silêncio é tão forte
Mesmo sem ecoar ouves bem mais.

Envolvendo-me de glórias e delírios
Afastando de vez os meus martírios
Que insistiam em vão me atormentar
E encontrando a paz tão desejada
Adormeço naquela madrugada
Pra ficar bem alegre ao acordar.

Pelo fato, Senhor, de ter me ouvido
Sou-lhe grato por ter me atendido
E ter tirado de mim essa aflição
Afastando-me dos laços da maldade
Devolvendo-me a total felicidade
Sou feliz! Tenho Deus no coração!

Autor: Carlos Alberto de Oliveira Aires

comments powered by Disqus